quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Memórias

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.



Carlos Drummond de Andrade

sábado, 3 de dezembro de 2011

Para sempre

Quero o livro Quero o livro Quero o livro....


Poderá o amor da sua vida te dar uma segunda chance?

Louco

ás vezes não admito, mas eu sou louco! E daí?!
Sou feliz com minha loucura... os outros que criticam e não são felizes, esses... nem sei qual nome dar pra isso: mais loucura, burrice?!

Aaa, pelo amor de Deus, a vida é curta demais pra viver nos trilhos, e eu não sou trem de ferro! Prefiro ser água, o ar, que corre livremente... POR AÍ!


A jornada



Um dia descobriste finalmente
o que tinhas que fazer, e começaste,
apesar das vozes à tua volta
continuarem a gritar-te
os seus maus conselhos -
apesar de toda a casa
ter começado a vacilar
e sentires o velho esticão
nos teus tornozelos.
"Corrige a minha vida!"
gritou cada uma das vozes.
Mas não paraste.
Sabias o que tinhas que fazer,
apesar do vento ter suplicado
com os dedos apontados
às mais profundas fundações,
apesar da sua melancolia
ser terrível.
Era já muito tarde,
e uma noite selvagem,
e a estrada cheia de ramos
caídos e pedras.
Mas, à medida que
deixavas as suas vozes para trás,
as estrelas começaram a arder
por entre as camadas das nuvens
e surgiu uma nova voz
que aos poucos
reconheceste como tua,
que te fez companhia
enquanto avançaste cada vez mais fundo
no interior do mundo,
determinado a fazer
a única coisa que podias fazer -
determinado a salvar
a única vida que podias salvar.



Mary Oliver


"Eu a transformarei em uma música de rádio para esquecer aqueles olhos vermelhos e aquelas promessas idiotas. Eu direi que a vida é uma música e é uma em que nós podemos assobiar e dançar... dançar para o AR!"

A morte




A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso. 

Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade.

Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?

Charles Chaplin

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Fome de amor


‎*Estamos com fome de amor*

O que temos visto por ai ??? Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.

Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plasticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer mas... chegam sozinhas e saem sozinhas...

Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...

Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível.

E não é só sexo não! Se fosse, era resolvido fácil, alguém tem dúvida?

Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama ... sexo de academia . . .

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos, sem se preocuparem com as posições cabalisticas...

Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.

Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...

Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!"

Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal "beleza"...

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos...

Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário...

Pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...

Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, familias preconceituosas...

Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados...

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado...

"Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...

Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem a ver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...

E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza ?

Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele... E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?"

Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...

O que realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...

Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida"...

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo", então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!

Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

Arnaldo Jabor

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Em outra vida

De quem você sente falta?
Existe uma música que te lembra dela/e quando você a ouve?
Você ainda pode desenhar cada linha do rosto dela/e?
Você se lembra como era segurar na mão dela/e?
Você já sentiu um estranho sentimento de Deja Vu?
Você já se perguntou se vocês olham na mesma direçao do por-do-sol?
Você daria algo para ter ela/e sentado do seu lado de novo?
Você ainda ri das piada dela/e?
Você já quis que ele/a reaparecesse como em um passe de mágica?

As vezes prometemos as pessoas o "pra sempre", mas ele não funciona desse jeito.
Porque o passado é como uma mão cheia de puera, que escorre pelos seus dedos desaparecendo pouco a pouco. 
Eu queria, por um dia, voltar... Em outra vida, eu faria as coisas diferente!


quarta-feira, 9 de novembro de 2011

...é difícil fazer parecer fácil...

Ele:
Nós terminamos
Sim, é difícil
A maioria dos rapazes teriam se sentido esmagados
Desperdiçando seu tempo
Querendo saber onde erraram
Eu não, de jeito nenhum
Ei, eu estou indo muito bem
Eu não tenho medo de seguir em frente

É fácil
Sair nas noites de sexta-feira
É fácil vê-la toda vez quando saio
Eu posso sorrir, viver isso
Da forma que um rapaz solteiro faz
O que ela, que ela não sabe
É o quão difícil é fazer isso parecer tão fácil

Ela:
A verdade é
Eu sinto falta de me deitar sobre os braços dele
Mas eu nunca demonstrei isso
Eu rio e atuo
Como se eu estivesse tendo o melhor momento da minha vida
Tanto quanto ele sabe

É fácil
Sair nas noites de sexta-feira
É fácil vê-lo toda vez quando saio
Eu posso sorrir, viver isso
Da forma que uma garota solteira faz
O que ele, que ele não sabe
É o quão difícil é fazer isso parecer tão fácil


Classe A


Lábios brancos, rosto pálido
Respirando em flocos de neve
Pulmões queimados, gosto azedo
A luz se foi, o dia acabou
Lutando para pagar o aluguel
Longas noite, homens estranhos

E eles dizem
Ela está na equipe classe A
Presa em seu devaneio
Tem sido assim desde 18
Mas ultimamente o rosto dela parece
Afundando lentamente, o desperdício
Desmoronando como doces
E eles gritam
As piores coisas na vida vem de graça para nós
Porque nós estamos apenas sob a upperhand
E ficaa louca por um par de gramas
E ela não quer ir para fora hoje à noite
E em um tubo, ela voa para a Pátria
Ou vende amor para outro homem
É muito frio lá fora
Para os anjos voarem
Anjos para voar

Luvas rasgadas, capa de chuva
Tentou nadar e se manter à tona
Casa seca, a roupa molhada
Trocados, notas de banco
Olhos cansados, garganta seca
Garota de programa, sem telefone

....

Um anjo vai morrer
Coberto de branco
Olho fechado
E esperando por uma vida melhor
Desta vez, vamos desaparecer hoje à noite
Diretamente para baixo da linha

....

Está muito frio
Para os anjos voarem
Anjos para voar
Para voar, voar
Ou anjos para morrer

Tristan & Isolde

"Meu rosto em teu olha.
E, o teu, no meu reflete.
E do manto do rosto, o coração se veste.
Um par de hemisférios que, melhor se complete.
Onde há, sem norte.
Ou declinante oeste?
Em desigualdade, tudo o que morre está.
Se o nosso amor é um só e formamos um par,
de amor tão igual e forte, ninguém morrerá."

(Tristão e Isolda)

Eu nao sei se a vida é maior que a morte, mas o amor foi maior que ambas.
“Não há algo mais que só viver? Algo mais que dever e morte. Porque temos sentimentos se não podemos vivê-los? Porque desejamos coisas se não foram feitas para nos?” 
“É querer algo que não posso ter”: minha vida própria.
Quando o destino trai o coraçao o amor nao deixa escolha""

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Você sabe o que é saudade?

É fingir sorrir por fora, mas chorar por dentro, é viver pela metade
É não querer pensar e pensar sempre
São lembranças, são fantasmas assombrando a nossa mente!

Existe saudade boa, existe saudade ruim
Lembrar a infância traz uma alegria sem fim
Só que tem outro lado da saudade que tira a paz de quem sente
É tentar em vão esquecer alguém que não está presente
É ter o coração batendo no peito, apertadinho quase doente
É rezar, implorar para que o tempo vá amenizando esta aflição
Mas o tempo quer dizer horas e horas sem ver, mais machuca o coração

É despertar de manhã com a triste sina de esperar
É o sentimento de medo de que alguém nunca mais vá voltar
É fugir de tudo que faz lembrar
Esta agonia só quem sente sabe como é difícil de suportar!


A saudade nunca abandona, escolhe a vítima e nela passa a morar!
Às vezes nos toma com tanta força, que sentimos a nossa alma se ajoelhar!
E ao pensar que se esqueceu, algo lembra, é ela de novo a nos assombrar!


Se eu tivesse o poder de extinguir um sentimento da minha vida para sempre
Escolheria a saudade companheira de tanta gente
A maldita não deixa escolha, até dormindo ela faz lembrar
Num triste pesadelo vem com recordações toda noite e sempre chega sem avisar


Ah saudade não brinca comigo assim não!
De dia o meu sorriso está nos lábios, é só fingimento...
porque dói tanto o meu coração!

Still waiting...

CLARE: É difícil ficar para trás. Espero Henry, sem saber dele, me perguntando se está bem. É difícil ser quem fica.

Mantenho-me ocupada. Assim o tempo passa mais depressa.

Durmo sozinha e acordo sozinha. Dou umas voltas. Trabalho até cansar. Olho o vento brincar com o lixo que passou o inverno inteiro debaixo da neve. As coisas parecem simples até pensarmos nelas. Por que a ausência intensifica o amor?

Há muito tempo os homens iam para o mar, enquanto as mulheres ficavam na praia, esperando e procurando o barquinho no horizonte Agora espero Henry. Ele some sem querer, sem avisar. Espero. Tenho a sensação de que cada minuto de espera é um ano, uma eternidade. Cada minuto é lento e transparente como vidro. A cada minuto que passa, vejo uma fila de infinitos minutos, à espera. Por que ele foi aonde não posso ir atrás?



 E o amor dos dois foi o fio no labirinto, a rede embaixo de quem caminha na corda bamba, a única coisa verdadeira e confiável nessa vida estranha."""


The Time Traveler's Wife - A mulher do viajante do tempo

Ele conhece o começo, mas nao o fim...

"....O casamento em si nunca destrói nada. Casamento simplesmente traz para fora tudo o que está escondido em você. Se o amor está escondido atrás de você, dentro de você, o casamento traz para fora. Se o amor era apenas uma pretensão, apenas uma isca, mais cedo ou mais tarde, tem que desaparecer. E depois, a sua realidade, sua personalidade feia vem à tona. O casamento é simplesmente uma oportunidade, então, o que quer que você tinha para revelar, virá.

Não estou dizendo que o amor é destruído pelo casamento. O amor é destruído por pessoas que não sabem amar. O amor é destruído porque o amor não está em primeiro lugar. Você tem vivido em um sonho. A realidade destrói esse sonho.
Caso contrário, o amor é algo eterno, parte da eternidade. Se você crescer, se você conhecer a arte, e você aceitar as realidades da vida amorosa, então, ele vai crescendo a cada dia. Casamento se torna uma tremenda oportunidade para crescer em amor.

Nada pode destruir o amor. Se ele estiver lá, ele vai crescendo. Mas o meu sentimento é, ele não está lá em primeiro lugar. Você entendeu mal a si mesmo, algo mais estava lá. Talvez o sexo estava lá, o sex appeal estava lá. Em seguida, ele vai ser destruído, porque uma vez que você amou uma mulher, então, a atração sexual desaparece, porque o apelo sexual é apenas com o desconhecido.
Depois de ter provado o corpo da mulher ou do homem, então a atração sexual desaparece. Se o seu amor era apenas atração sexual, então é fadado a desaparecer. Por isso, nunca entenda o amor como outra coisa. Se o amor é realmente amor...

O que quero dizer quando digo "realmente amor"? Quero dizer que apenas estar na presença do outro, de repente você se sente feliz, basta estarem juntos, você se sente em êxtase, apenas a presença do outro preenche algo no fundo do seu coração... algo começa a cantar em seu coração, você entra em harmonia. Apenas a presença do outro ajuda-os a estarem juntos; você se torna mais individual, mais centrado, mais enraizado.
Então, é amor.

O amor não é uma paixão, o amor não é uma emoção. O amor é uma compreensão muito profunda de que alguém, de alguma forma, completa você. Alguém faz um círculo completo. A presença do outro aumenta a sua presença. O amor dá liberdade para ser você mesmo, não é possessividade.

Portanto, preste atenção. Nunca pense no sexo como amor, senão você vai ser enganado. Esteja alerta, e quando você começa a sentir que apenas a presença de alguém, a pura presença -nada mais, nada mais é necessário, você não pede nada- apenas a presença, apenas o que outro é, é o suficiente para fazê-lo feliz... algo começa a florescer dentro de você, mil e uma flores de lótus... então, você está no amor e, então, você pode passar por todas as dificuldades que a realidade cria.
Muitas angústias, ansiedades -você será capaz de passar todas elas-, e seu amor florescerá mais e mais, porque todas essas situações vão se tornar desafios. E seu amor, por superá-los, vai se tornar mais e mais forte.

O amor é eternidade. Se ele estiver aí, então, ele vai crescendo e crescendo...
O amor conhece o começo, mas não conhece o final".

Nem sempre

Imagine que está na sala de operação. Reparando uma veia cava. Quando, de repente, tudo dá errado. Então, você corta isso, sutura aquilo e logo, aquela situaçao complicada se torna algo do passado. É uma pena que não podemos resolver todos os desafios de nossa vida com um bisturi. Quer dizer, podemos tentar... Mas tenho a plena certeza de que isso seria um atentado … 
É assustador como tudo pode dar errado tão rápido. Às vezes, precisamos de uma grande perda, para nos lembrarmos do que realmente importa. Às vezes, ficamos mais fortes. Mais sábios, e melhor equipados para o próximo desastre. Às vezes. Nem sempre.


quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Bom dia, Pai!

Bom dia Pai
Preciso falar serio com o senhor aqui
Brinquei até de filho e me arrependi
Mas pai é pra essas coisas pra pedir perdão
Que dia Pai
Olhei pela janela não vi solução
Parece até o olho de um furacão
Com a vida pelo avesso eu vim te procurar, te procurar
Confesso que se fosse Deus não me ouvia
Se estivesse em seu lugar negaria
Socorro pra mim
Ainda bem que é do Senhor que eu dependo
Eu vim meio sem querer, mas querendo
E achei a solução pra mim.

domingo, 30 de outubro de 2011

Os amigos da maturidade

"Os amigos não precisam estar ao lado para justificar a lealdade. Mandar relatórios do que estão fazendo para mostrar preocupação.
Os amigos são para toda a vida, ainda que não estejam conosco a vida inteira. Temos o costume de confundir amizade com onipresença e exigimos que as pessoas estejam sempre por perto, de plantão. Amizade não é dependência, submissão. Não se têm amigos para concordar na íntegra, mas para revisar os rascunhos e duvidar da letra. É independência, é respeito, é pedir uma opinião que não seja igual, uma experiência diferente.
Se o amigo desaparece por semanas, imediatamente se conclui que ele ficou chateado por alguma coisa. Diante de ausências mais longas e severas, cobramos telefonemas e visitas. E já se está falando mal dele por falta de notícias. Logo dele que nunca fez nada de errado!
O que é mais importante: a proximidade física ou afetiva? A proximidade física nem sempre é afetiva. Amigo pode ser um álibi ou cúmplice ou um bajulador ou um oportunista, ambicionando interesses que não o da simples troca e convívio.
Amigo mesmo demora a ser descoberto. É a permanência de seus conselhos e apoio que dirão de sua perenidade.
Amigo mesmo modifica a nossa história, chega a nos combater pela verdade e discernimento, supera condicionamentos e conluios. São capazes de brigar com a gente pelo nosso bem-estar.
Assim como há os amigos imaginários da infância, há os amigos invisíveis na maturidade. Aqueles que não estão perto podem estar dentro. Tenho amigos que nunca mais vi, que nunca mais recebi novidades e os valorizo com o frescor de um encontro recente. Não vou mentir a eles ¿vamos nos ligar?¿ num esbarrão de rua. Muito menos dar desculpas esfarrapadas ao distanciamento.
Eles me ajudaram e não necessitam atualizar o cadastro para que sejam lembrados. Ou passar em casa todo o final de semana e me convidar para ser padrinho de casamento, dos filhos, dos netos, dos bisnetos. Caso encontrá-los, haverá a empatia da primeira vez, a empatia da última vez, a empatia incessante de identificação. Amigos me salvaram da fossa, amigos me salvaram das drogas, amigos me salvaram da inveja, amigos me salvaram da precipitação, amigos me salvaram das brigas, amigos me salvaram de mim.
Os amigos são próprios de fases: da rua, do Ensino Fundamental, do Ensino Médio, da faculdade, do futebol, da poesia, do emprego, da dança, dos cursos de inglês, da capoeira, da academia, do blog. Significativos em cada etapa de formação. Não estão em nossa frente diariamente, mas estão em nossa personalidade, determinando, de modo imperceptível, as nossas atitudes.
Quantas juras foram feitas em bares a amigos, bêbados e trôpegos? Amigo é o que fica depois da ressaca. É glicose no sangue. A serenidade."

Fabrício Carpinejar

domingo, 23 de outubro de 2011

Feelings


O fruto proibido - a maça. Assim como ela não poderia ter sido comida... o amor dos dois era proibido! Não impossível. Mas eis a escolha... morder ou não a maça?
A tulipa... a tulipa que tem traços de sangue! O sofrimento que faz com que cada pétala se solte... o sofrimento de não poder ter aquilo que tanto se quer! E enquanto se vai embora, as pétalas são levadas junto...
O laço vermelho da escolha! Dois lados... duas vidas totalmente diferentes... e algo que não se pode deixar para trás - ser humano.
As peças de Xadrez. No jogo, era só um pião - o mais vulnerável de todos... mas no final, RAINHA/REI!

"I've loved you for a thousand years and I'll love you for a thousand more!"

Twilightfeelings